Atualizando...

Tradutor de páginas
Catetinho

O Catetinho foi a primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek. O projeto museográfico procura retomar as referências de época, preservando-se alguns objetos e o mobiliário original. Imagens fotográficas, bem como outros objetos, complementam as ambientações com o objetivo de propiciar ao público um testemunho vivo da grande aventura que foi a construção de Brasília.

A ideia da construção de uma residência provisória para abrigar o presidente em suas visitas a Brasília surgiu de uma reunião de amigos de JK, no Hotel Ambassador/RJ. Oscar Niemeyer fez o croqui do Palácio de Tábuas, seu primeiro projeto para Brasília. Os amigos conseguiram um empréstimo e, em apenas dez dias, construíram a casa. Em torno dela funcionou um núcleo de apoio, com serviços de radiofonia e radiotelegrafia, e um campo de pouso. O nome Catetinho foi sugerido por Dilermando Reis, em alusão ao Palácio do Catete.

Em 10 de novembro de 1956, JK participou da inauguração, assinando também o primeiro despacho no local. À noite, os amigos homenagearam o presidente com uma seresta. O Catetinho abrigou diretores e engenheiros da Novacap e também personalidades que visitavam a cidade em construção, como o presidente de Portugal Craveiro Lopes.

Em junho de 1959, a dupla Tom Jobim e Vinicius de Moraes se hospedou por 10 dias no Catetinho - para compor a Sinfonia da Alvorada, mais tarde conhecida como Sinfonia de Brasília. Certa noite, depois do jantar, os dois caminhavam em volta do Palácio de Madeira. Quando ouviram o barulho da água atrás do Catetinho, perguntaram para o vigia, 'mas que barulho de água é esse aqui?' Você não sabe não? É aqui que tem água de beber, camará. Assim conheceram a fonte, de água e de inspiração para a primeira música composta em Brasília, Água de Beber.

A pedido de JK, o Catetinho foi tombado pelo Iphan em 10 de novembro de 1959.

O Catetinho está protegido até hoje e recebe vários visitantes de todas as partes do Brasil e do mundo. É possível conhecer diversos cômodos da casa, como a antiga suíte presidencial, a sala de despachos, o quarto dos membros do governo, o quarto de hóspedes e a sala de refeições no térreo. Em diversos cômodos você encontra várias fotos do ex-presidente e pessoas próximas e também de vários candangos que vieram trabalhar em Brasília naquela época. O local também guarda várias ferramentas, utensílios e objetos originais utilizados na época.

Endereço :
Km 0 – BR 040 / Gama – DF
Horário : Terça a domingo das 9h às 17h
Entrada franca
Contato: (61) 3338-8803 / (61) 3386-8167


Mapa de localização


Galeria de fotos


Gostou desta página ? Compartinhe em suas redes sociais

 


Indique esta página a um(a) amigo(a) :

Seu n
ome:   Seu e-mail:    Enviar para o e-mail:  

 


Envie os comentários



Veja também > Turismo em Brasília - Clique aqui

 

Indique um lugar e concorra a prêmios, promoções e descontos exclusivos
Fale conosco
Anuncie para Brasília / DF - Brasil
Som da página