Atualizando...

Tradutor de páginas
Religioso

O Distrito Federal tem cerca de 800 templos religiosos em uma área de 5,4 mil quilômetros quadrados, o que favorece o turismo religioso na região. Dos sete monumentos considerados patrimônio histórico do DF, três estão ligados à religião – a Catedral de Brasília, o santuário Dom Bosco e o templo piramidal da Legião da Boa Vontade.

Essa profusão de templos e religiões faz Brasília ser conhecida considerada um local místico. Além de ser uma cidade mística, é uma cidade nova. Vem gente de todo lugar do país. A cultura dessas pessoas vem junto.

O Templo da Boa Vontade é o local religioso mais visitado do Distrito Federal. O espaço, que funciona 24 horas por dia, foi fundado em 1989 e recebe mais de um milhão de visitas por ano. No topo da pirâmide do templo, localizado na ponta da Asa Sul, próximo ao Setor Hospitalar, há uma pedra que é considerada o maior cristal puro do mundo. Ele simboliza o ecumenismo total, a presença unificadora de Deus, e teria poder de purificar o ambiente.

A existência das embaixadas também ajuda a explicar a amplitude das manifestações de fé no Distrito Federal. Mas a diferença mesmo é a harmonia com que as doutrinas convivem.

O Santuário Dom Bosco, na W3 – avenida que corta as asas Sul e Norte de ponta a ponta –, tem também em sua arquitetura um de seus pontos altos. Em forma de cubo e com paredes de concreto aparente, a igreja tem o interior ladeado por vitrais em tons de azul e um amplo salão sem colunas. No centro do salão, em frente ao altar, um lustre de duas toneladas é suportado por cabos de aço.

Esse sincretismo religioso faz parte de toda a aura que envolve Brasília, de toda a história. Desde a concepção arquitetônica e paisagística do Plano Piloto.


Catedral Metropolitana de Brasília

A Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, mais conhecida como Catedral de Brasília, foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Primeiro monumento a ser criado em Brasilia, sua pedra fundamental foi lançada em 12 de setembro de 1958. Teve sua estrutura pronta em 1960, onde apareciam somente a área circular de setenta metros de diâmetro, da qual se elevam dezesseis colunas de concreto (pilares de secção parabólica) num formato hiperboloide, que pesam noventa toneladas. O engenheiro Joaquim Cardozo foi o responsável pelo cálculo estrutural que permitiu a construção da catedral.

Em 31 de maio de 1970, foi inaugurada de fato, já nesta data com os vidros externos transparentes. Na praça de acesso ao templo, encontram-se quatro esculturas em bronze com três metros de altura, representando os evangelistas; as esculturas foram realizadas com o auxílio do escultor Dante Croce, em 1968. No interior da nave, estão as esculturas de três anjos, suspensos por cabos de aço. As dimensões e peso das esculturas são de 2,22 m de comprimento e cem kg a menor; 3,40 m de comprimento e duzentos kg a média e 4,25 m de comprimento e trezentos kg a maior. As esculturas são de Alfredo Ceschiatti, com a colaboração de Dante Croce em 1970.

O batistério em forma ovoide teve em suas paredes o painel em lajotas cerâmicas pintadas em 1977 por Athos Bulcão. O campanário composto por quatro grandes sinos, doado pela Espanha, completa o conjunto arquitetônico. A cobertura da nave tem um vitral composto por dezesseis peças em fibra de vidro em tons de azul, verde, branco e marrom inseridas entre os pilares de concreto. Cada peça insere-se em triângulos com dez metros de base e trinta metros de altura que foram projetados por Marianne Peretti em 1990. O altar foi doado pelo papa Paulo VI e a imagem da padroeira Nossa Senhora Aparecida é uma réplica da original que se encontra em Aparecida – São Paulo.

A via sacra é uma obra de Di Cavalcanti. Na entrada da catedral, encontra-se um pilar com passagens da vida de Maria, mãe de Jesus, pintados por Athos Bulcão.

Por estar situada na esplanada dos Ministérios, a catedral não apresenta uma comunidade fixa — grande parte dos fiéis que a frequentam é composta por turistas e por fiéis que trabalham na esplanada.

A catedral está aberta todos os dias para visitas, com exceção dos horários de missa.

Missas :
De terça a sexta-feira: 12h15
Sábado: 17h
Domingo: 8h30, 10h30 e 18h

Confissões :
Na Catedral: Terça à sexta das 11h30 à 12h15.
No Ministérios da Previdência: terça-feira, 9h às 11h30.
No Ministério do Planejamento: quarta-feira, 9h às 11h30

Telefone :  (61) 3224-4073


Mapa de localização


Galeria de fotos


Roteiro Religioso - Mapa Virtual



Gostou desta página ? Compartilhe em suas redes sociais.

   


Indique esta página a um(a) amigo(a) :

Seu n
ome:   Seu e-mail:    Enviar para o e-mail:  

 


Envie os comentários


 

 

Indique um lugar e concorra a prêmios, promoções e descontos exclusivos
Fale conosco
Anuncie para Brasília / DF - Brasil
Som da página